Zelda: Breath of the Wild possui 5 mistérios que não foram resolvidos

0
1161
Zelda: Breath of the Wild

O sucesso da Nintendo The Legend of Zelda: Breath of the Wild ainda possui 5 mistérios que não foram resolvidos até hoje pelos jogadores.

Não existe discordância na comunidade de fãs em relação ao fato de que The Legend of Zelda: Breath of the Wild é um dos melhores e maiores games já lançados no Nintendo Switch. Logo depois de seu lançamento em 2017, todos em geral, seja jogador, seja critico, todos elogiaram o game pelo seu enorme ambiente com vasto mundo aberto e sua jogabilidade diferenciada se comparada com outros jogos da franquia.

Tendo sua atual continuação sendo desenvolvida, muitos continuam rejogando e revisitando o mundo de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, e isso trás de volta algumas perguntas sobre alguns mistérios em relação ao jogo que não foram resolvido até hoje. Mas para aqueles que não sabem, pois provavelmente ainda são novos na aventura de Link em Hyrule, ou até mesmo para jogadores mais antigos curiosos sobre mistérios do game, iremos mostrar agora alguns dos segredos e mistérios de Zelda: Breath of the Wild que permanecem adormecidos.

Leviatãs

Para começar vamos falar sobre os restos do que um dia foi uma grande espécie naquele mundo conhecida como Leviatãs. No game, os jogadores se deparam com os ossos destes seres gigantescas e tem também até uma missão paralela que foca em torno de tirar fotos de seus restos mortais. Os ossos dos leviatãs se encontram nas montanhas Hebra, Eldin e no deserto de Gerudo. Logo depois no game, três pesquisadores de Hylian Leviathan revelariam suas teorias sobre o suposto desaparecimento e extinção dos leviatãs. Um acredita que uma grande era glacial acabou com a vida dos leviatãs, o outro tem a teoria de que supostamente seja por causa de uma seca prolongada, e o terceiro pesquisador afirma uma erupção vulcânica cataclísmica. Porem, Além dessas teorias, não se sabe muito sobre o que realmente são essas criaturas e por que foram extintas durante os eventos do jogo.

Ilha Mekar

The Legend of Zelda: Breath of the Wild tem um mistério muito conhecido que tem  relação com a Ilha Mekar. Esta ilha em especial é pequena e contem uma árvore morta no centro, com uma pilha de ossos ao seu redor. Isso já é estranho por si só, porém quando o jogador se aproxima da árvore durante o dia, um monte de Chu Chus aparece e, à noite, vários monstros Stal emboscam o jogador. No começo, alguns teorizaram que derrotar os inimigos na área levaria a algo, mas nada aconteceu mesmo depois que o jogador derrotou todos eles. Alguns especulam que a Ilha Mekar possa estar escondendo um Korok, mas nada foi descoberto sobre o lugar estranho e seus mistérios ocultos.

Montanha Agaat

Existe uma montanha localizada ao oeste das Terras Altas de Gerudo, chamada Mount Agaat (Montanha Agaat) conforme indicado no mapa. porem, logo foi descoberto que o game restringe o acesso à montanha, e se você tentar subir recebe uma mensagem que diz: “Você não pode ir mais longe”. No momento, provavelmente o Monte Agaat é um dos poucos locais em The Legend of Zelda: Breath of the Wild que não é possível explorar. É um grande mistério o motivo pelo qual os desenvolvedores decidiram restringir a exploração neste lugar, muitos acreditavam que a Nintendo estava planejando lançar um DLC que será ambientado na montanha, mas embora o jogo BotW tenha lançado expansões pós-lançamento, não teve até o momento nada sobre a misteriosa montanha.

Ruínas De Typhlo

Mesmo sabendo que boa parte do jogo em Breath of the Wild se passe em ambientes mais abertos, cheios de vistas panorâmicas e belezas naturais. No entanto, uma parte especial do game se passa nas Typhlo Ruins, que emitiam uma vibração assustadora e perturbadora. As ruínas ficam ao norte de The Lost Woods e estão estranhamente cobertas de uma completa escuridão, é preciso inclusive usar tochas para enxergar alguma coisa. la dentro destas ruínas, tem um santuário, um grande chefe Hinox e bastantes outras coisas que valem a pena buscar. No entanto, o grande mistério é a razão pela qual a ruína existe  e por que é sempre cercada por escuridão e névoa. Alguns teorizam que estas ruínas tem alguma ligação com à tribo Zonai, que também é um dos mistérios não resolvidos.

Tribo Zonai

Esta tribo sempre foi um grande mistério em Breath of the Wild, pois ninguém pode explicar quem eles são e o que aconteceu com eles. No game, os é possível encontrar uma tribo chamada de ” Tribo Bárbara Antiga “. No entanto, alguns começaram a chamá-los de tribo Zonai, devido à ligação com as ruínas de Zonai, encontradas na região de Faron. Nas Ruínas de Zonai, é possível achar toneladas de tábuas, ruínas, pilares antigos, todos com os símbolos idênticos. No entanto, qualquer informação adicional sobre a tribo e o que aconteceu com eles ainda é um dos grandes mistérios do game.

Publicidade
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui